30 de mai de 2011

Kids - O Filme


Kids, é um filme norte-americano de 1995 que retrata a vida de um grupo de adolescentes de Nova York que vivem atrás de sexo e drogas.

A primeira vez que assisti ao filme fiquei muito chocada com as cenas. Não apenas pelo consumo de drogas e a prática de sexo não seguro, mas principalmente pela idade dos personagens, todos muito jovens, com menos de 15 anos.

O protagonista é um garoto skatista usuário de drogas que vive caçando virgens. Na primeira cena do filme ele está na casa de uma garota (que aparenta não ter mais que 12 anos), tentando convencê-la a transar, o que consegue sem muito esforço.

Do outro lado da história há uma garota que o conheceu a um ano atrás, e apesar de só ter tido uma transa em sua vida,  descobre que está com o vírus HIV. Ela passa o filme todo tentando encontrá-lo para alertá-lo sobre a doença, mas sem sucesso. Só o que encontra em seu caminho são jovens, praticamente crianças, usando drogas de todos os tipos.


Apesar do filme ser muito chocante, é difícil encontrar alguem que o tenha assistido. Acredito que o escritor Harmony Korine e o diretor Larry Clark, fizeram o filme com o intuito de alertar a sociedade norte-americana para o universo perigoso que os jovens sem orientação entram cada vez mais cedo.




Confira o trailler abaixo:


2 comentários:

  1. Achei que o Kids fosse famoso, eu assisti esse filme faz um tempão...

    ResponderExcluir
  2. Vi o filme no cinema na época em que foi lançado. É sem dúvida chocante, e para isso contribuem o fato de ter sido muitíssimo bem realizado e de contar com algumas atuações brilhantes, especialmente a da Chloe Sevigny (esqueci o nome da personagem - é a garota que descobre que tem HIV). Espero que o filme tenha conseguido dar seu recado pelo menos lá nos EUA, já que parece ter passado meio que por alto no resto do mundo. Ele me jogou na cara algo sobre o qual eu já tinha refletido antes, e voltei a refletir depois: o quanto os jovens do nosso tempo estão, em sua maioria, totalmente à deriva, sem ideais ou objetivos de espécie alguma - e o pior, não parecem sequer angustiados com isso. Parece que não têm e não querem. E aí, o que sobra são o mundo das drogas, o sexo esvaziado de sentido, a violência gratuita... Parabéns pelo blog, assuntos variados, interessantes e sempre tratados com inteligência; tentei seguir, mas essa função do Google parece estar inacessível. De qualquer forma, já está nos meus Favoritos e pretendo voltar.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...