3 de jul de 2011

Virgin Steele - 25/06/11(Manifesto Bar - São Paulo)


Em 30 anos de carreira, o Virgin Steele passou pela primeira vez pelo Brasil e fez dois shows, um em Curitiba e outro em São Paulo.
O show de São Paulo foi feito no Manifesto Bar e a banda, assim como em Curitiba, subiu ao palco sem o guitarrista Edward Pursino.
Apesar da apreensão dos fãs, em saber que Pursino não estaria presente, devido a problemas pessoais, o Virgin Steele, que contou com a ajuda da tecladista Lynn Delmato (surpresa para a maioria dos presentes), fez um show perfeito do início ao fim.


Quem me conhece, sabe que eu sou um pouco suspeita para falar do Virgin Steele, afinal, minha paixão pela banda é muito grande. Porém, notei que eu não fui a única a ficar emocionada com o show, pois pude ver alguns fãs chorando, emocionados, durante a apresentação da banda.


Pelos últimos videos ao vivo que pude ver pela internet, notei que David DeFeis já não está cantando como antes, por isso, confesso que me surpreendi muito com sua performance em palco. DeFeis detonou!! Impossível não se emocionar com o talento desse grande vocalista e compositor.


Ficou nítido para todos os presentes, que não só os fãs se emocionaram com o show. Toda a banda, especialmente DeFeis ficou muito maravilhado com o público paulistano, que cantou e agitou todas as músicas.


Apesar de ter sentido falta de algumas músicas, não posso reclamar do set-list, que estava muito bom. As músicas que mais fizeram o público vibrar foram "Sword Of The Gods", "Noble Savage", "Defiance", "The Burning of Rome", e é claro a grande, épica e perfeita "Vini, Vidi, Vici". 
O show teve dois solos (que não poderia faltar), um de guitarra com Josh Block e um de bateria com Frank Gilchrist.
A banda também voltou ao palco pela 2° vez para fechar o show com chave de ouro tocando "Invictus".


Esse, sem dúvida, foi o show mais emocionante da minha vida. Melhor que isso, só Virgin Steele com o Pursino, que espero poder ver em breve. Afinal, depois de ver como DeFeis se emocionou com o público brasileiro, é muito provável que a banda esteja de volta mais rápido do que podemos imaginar.


Set-List:
01 - The Hammer of Zeus and The Wrecking Ball of Thor 
02 - Immortal I Stand 
Palhetinha que peguei no show ^^
03 - Black Mass Blues/The Wine Of Violence 
04 - The Orpheus Taboo 
05 - Bonedust
06 - In Triumph of Tragedy/Return of the King
07 - Don’t Say Goodbye My Love
08 - The Black Light Bachanalia
09 - Dominion Day/Sword Of The Gods
10 - Solo guitarra/Solo bateria
11 - Noble Savage
12 - Defiance
13 - Kingdom of Fearles
 Encore
14 - Victory Is Mine (acústica)
15 - Emalaiath (parcial)
16 - The Burning of Rome (Cry for Pompeii)
17 - Vini, Vidi, Vici
Encore 02
18 - Invictus


Confira o vídeo de "Kingdom of the Fearless":

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...