27 de fev de 2015

Os crimes do monograma - Agatha Christie por Sophie Hannah

Eu estava no aeroporto procurando algum livro qualquer, apenas para me distrair no avião. Seria uma viagem longa, seis horas! Não tinha nada em mente, apenas passando pelas prateleiras distraída. O que me chamou a atenção deste foi a frase "O novo mistério do detetive Poirot", seguido pelo nome "Agatha Christie". Agatha Christie? Como assim?


Pois é, este é o primeiro livro autorizado pela família da escritora a retomar as aventuras do famoso detetive Poirot. Isso me pareceu uma grande coisa! Pois pela que sei, a autora não tinha interesse que se continuasse escrevendo sobre ele, inclusive o matou no seu último romance (Cai o Pano, publicado em 1975). 

Os crimes do monograma (Editora Nova Fronteira)

Vou confessar que nunca li um livro Agatha Christie. Mas exatamente por esta razão, acho que posso escrever sobre o novo livro sem toda aquela carga de emoção que os apaixonados por ela depositaram nos seus comentários que andei lendo cá e lá.

Resumidamente, três assassinatos ocorrem num hotel em Londres. Ao mesmo tempo, a aposentadoria de Hercule Poirot é interrompida por uma mulher misteriosa que entra no café onde ele está, parece nervosa, e quando ele lhe oferece ajuda ela responde que ninguém pode ajudá-la, e que quando ela estiver morta, a justiça será feita. Edward Catchpool é o policial encarregado de investigar os assassinatos, e também amigo de Poirot. O detetive logo vê uma conexão entre as duas histórias e começa ajudar nesta investigação. 



Lendo este livro, lembrei do começo da minha aventura pelo mundo dos livros. É uma leitura fácil, daquelas que encanta os adolescentes, com uma pitada de suspense e um pouco de raciocínio lógico. Nada demais! Não é um clássico do suspense, não tem personagens incríveis, aliás, nenhum deles tem muito destaque, e até achei o Poirot um pouco sem paciência. 

A questão é que eu comecei a ler e não esperava muito! Foi um livro que me distraiu por umas horas, divertido e simples, como aqueles que me ensinaram o prazer de ler.
Afinal, nem todos os livros são aqueles que mexem com a gente... e isso é normal também!
O ponto interessante é que me deixou muito curiosa e ansiosa pra ler um livro da Agatha agora. 

E qual é seu livro preferido da Agatha? Algum pra me indicar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...